GET It blog

O poder de viajar sozinha!

O PODER LIBERTADOR DE VIAJAR SOZINHA, DE ESTAR SOZINHA, MAS DE NUNCA SER SÓ

Vou começar por frisar a melhor frase que conheço. "Nós atraímos o que somos, não o que queremos."

Quando percebi a verdade desta frase, mudei tudo em mim, tudo aquilo que não gostava. Parei de repetir constantemente "esta geração está estragada ".
Parei de ser a vitima e principalmente parei de dar o poder ao mundo, às pessoas da minha vida.
Tirei o poder de fulano manipular o meu estado de espírito, de humor e até se iria estar feliz ou triste.
Essa responsabilidade pertence-me apenas eu posso decidir e mediar as minhas emoções, portanto se me fizeram mal ou bem eu decido como irei reagir e tiro assim a capacidade do mundo dominar-me.
Se é fácil? Hahahah
Foram muitas horas de meditação e respiração até tornar-me consciente que a vida é urgente e tudo passa por isso vamos aproveitar a nossa passagem por aqui ,porque hoje somos e de repente não somos mais.
Viajar sozinha foi a decisão mais difícil mas ao mesmo tempo mais arrebatadora.
É realmente verdade as melhores coisas da vida estão para além da fronteira do medo.
Solteira (por opção), “sem traumas”, bonita (modéstia à parte) e sozinha?
Nada comum!
Fui a primeira do meu círculo a fazê-lo e todos perguntaram o mesmo, porque não me chamaste?
Mas sempre idealizei viajar sozinha e ultrapassar todos os meus medos, de sentir os cheiros, de conhecer pessoas, de fazer loucuras, sem olhos , sem julgamentos, sem opiniões.
E assim, posso dizer e garantir que apesar de sozinha nunca estive só. Foram tantas almas bonitas que cruzaram o meu caminho, tantos sorrisos, tantos "drink' s", tantas partilhas que realmente só estando sozinha e aberta ao mundo poderia viver tal coisa.
Se pudesse dar apenas um conselho seria: todos devíamos pelo menos uma vez na vida viajar sozinhos.
As pessoas têm medo da solidão, saltam de relacionamento em relacionamento falhos porque não conseguem lidar com o "eu" .
Porém o nosso "eu" sempre será a nossa melhor companhia.

Com Amor
Uma viajante

Share:

Publique um comentário!